quinta-feira, 23 de março de 2017

Hospital de S. João, Bruges - Bélgica

Há pouco mencionei o ano de 2011 e foi precisamente nesse ano que fui até à Bélgica. Adorei ❤ Está no topo 5 das minhas viagens preferidas. Bruges contribuiu em muito para isso. É uma das minhas cidades preferidas na Europa. É óbvio que voltei de lá com muitos postais, um deles é um destes do hospital de São João. O outro, mais antigo, é um oficial. 

O Hospital de São João tem uma história de oitocentos anos, durante os quais os monges e freiras prestaram cuidados a peregrinos, viajantes, pobres e doentes.

O Sint-Janshospitaal é um dos mais antigos edifícios hospitalares preservados na Europa. No museu é possível aprender mais sobre a vida hospitalar no passado. Móveis, pinturas, esculturas, talheres e louças são as testemunhas silenciosas do cuidado com corpos e almas que se realizaram neste hospital ao longo dos séculos. A estrutura de apoio do edifício é também única e é uma das mais antigas e maiores da Europa.

BE-492648, enviado pelo Pascal.
A antiga enfermaria atendeu pacientes desde o século XII até meados do século XIX. No século XIX o hospital mudou-se para um edifício neo-gótico próximo de tijolo vermelho brilhante, onde os pacientes puderam ir até 1978.

Palácio de Augustusburg - Alemanha

Hoje reparei que tinha dois posts diferentes com este palácio, faz mais sentido tê-los juntos, não faz? Aqui estão eles. Recebi-os em 2011, um enviado pela Anja e o outro pela Heidi. Na altura faltava-me um postal de um dos palácios de Brühl para ter todos os locais UNESCO alemães. Entretanto, desde 2011, já foram adicionados à lista do património mundial, outros tantos locais alemães.

Os palácios de Augustusburg e Falkenlust em Brühl, construídos no mais belo estilo rococó, com os seus jardins barrocos, entraram para a lista do Património Mundial em 1984.

O palácio de Augustusburg, frequentemente chamado apenas de Palácio de Brühl, é uma das primeiras obras significativas do rococó na Alemanha e era a residência preferida dos príncipes-eleitores de Colónia e do Arcebispo Clemens August. A construção do palácio teve início em 1725, sobre as ruínas de um castelo medieval, mas os trabalhos só seriam concluídos mais de 40 anos depois. Tempo suficiente para contratar artistas de reputação europeia, como Balthasar Neumann, que projectou a sumptuosa escadaria - uma criação maravilhosa, repleta de dinamismo e elegância, e uma das principais obras do barroco alemão. 

 O jardins também barrocos, do século XVIII, foram criados por Dominique Girard, inspirados no estilo francês. Eles são considerados uns dos mais belos do género e podem ser apreciados especialmente da bela vista do terraço do castelo, reaberto para o público na primavera de 2014. - in: http://www.germany.travel/pt/cidades-e-cultura/patrimonio-mundial-da-unesco/castelos-augustusburg-e-falkenlust-em-bruehl.html

Castelo de Neuschwanstein - Alemanha

O Castelo de Neuschwanstein é possivelmente um dos castelos mais conhecidos do mundo, não é de admirar que tenha na minha colecção vários postais de lá. Só falta mesmo ir lá fazer uma visita.

O Castelo de Neuschwanstein é um dos castelos mais visitados na Alemanha e um dos destinos turísticos mais populares da Europa.
O castelo está localizado na Baviera, perto da cidade de Fussen. Foi construído pelo rei Ludwig II da Baviera, igualmente conhecido como o "rei dos contos de fadas".

Copyright: Foto Studio Verlag Kienberger
DE-3654451, enviado pela Lotte.
O rei Ludwig foi um grande admirador e defensor do compositor Richard Wagner. O castelo foi construído em sua honra e muitos quartos no interior do castelo foram inspirados nas personagens de Wagner.
O terceiro andar reflecte particularmente a admiração de Ludwig pelas óperas de Wagner. O Hall dos Cantores, que ocupa todo o quarto andar de Neuschwanstein, também contém personagens das óperas de Wagner.
Neuschwanstein significa literalmente "Castelo do Novo Cisne" em referência ao "Cavaleiro do Cisnet" um dos personagens de Wagner.

Neuschwanstein foi construído no século XIX na Baviera, numa época em que os castelos não tinham mais fins estratégicos e defensivos.
Apesar da aparência medieval, o seu interior foi equipado com tecnologia de ponta da época. Por exemplo, em cada andar do castelo havia casas de banho com autoclismo, bem como um sistema de aquecimento de ar para todo o castelo. A água era fornecida por uma nascente próxima situada a apenas 200 metros acima do castelo.

 DE-2624717, enviado pelo Klaus.
O castelo está localizado nos Alpes na Baviera, inserido uma paisagem magnífica, no topo de uma colina. 
Além disso, Neuschwanstein fica muito perto da cidade de Fussen, que é também um popular destino turístico na Alemanha.


DE-425666, enviado pela Andrea.
A construção do castelo de Neuschwanstein começou em 1869, e originalmente foi projectada para durar três anos. Mas Ludwig II queria que o castelo fosse perfeito, de modo que o imenso edifício não terminou nem mesmo após a morte de Ludwig em 1886.

O castelo tem um belo jardim interior cercado por um pátio. Existe também uma caverna artificial. O interior de Neuschwanstein é tão bonito quanto seu exterior. Apesar de apenas 14 quartos terem sido terminados antes da morte súbita de Ludiwg II em 1886, estes quartos foram majestosamente decorados.

Alpiner Kunstverlag Hans Huber, Garmisch-Partenkirchen
US-2051824, enviado pela Louise.
A sala do trono foi projectada em estilo bizantino, com pinturas de parede retratando anjos. Ironicamente, não há trono na Sala do Trono, uma vez que Ludwig morreu antes de estar completamente terminada.

© Schöning GmbH & Co. KG
DE-5927634, enviado pelo Ecke.
Este castelo de conto de fadas inspirou Walt Disney para criar o seu reino mágico. 
Hoje, Neuschwanstein é o castelo mais visitado na Alemanha, e um dos destinos turísticos mais populares do mundo, sendo visitado todos os anos por mais de 1.300.000 pessoas. 

quarta-feira, 22 de março de 2017

DE-5935736 & DE-6048588

Oficiais da Alemanha.

Martin Vollet/2016
DE-5935736, enviado pela Lea.
O postal mostra um bocadinho do palácio de Neuenttelsau, uma cidade na Baviera e um bocadinho da Igreja de São Nicolau. 

Photo: B. Böhmer
DE-6048588, enviado pela Ariane (acho eu).
Este postal ambém veio da Baviera. Aqui podem ver-se as torres de duas igrejas, Hugenottenkirche e Neustädter Kirche em Erlanger. 

segunda-feira, 20 de março de 2017

Cinque Terre - Itália

As Cinque Terre estão na minha listinha já há algum tempo, só não sei para quando será essa visita.
Tal como o postal de Varenna, este também foi enviado pela a Ara.

As Cinque Terre são cinco aldeias de pescadores no alto da Riviera italiana (região da Ligúria), que até recentemente eram ligadas por caminhos de mulas e acessíveis apenas por via férrea ou água.
Um antigo sistema de caminhos é ainda a melhor maneira de visitar as cinco aldeias: Monterosso, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore.
As Cinque Terre são conhecidas pela sua beleza. As vistas deslumbrantes dos portos, o litoral selvagem, mas hospitaleiro, juntamente com as fortalezas medievais, vinhas abundantes e cores vibrantes tornam este local ideal para umas férias memoravéis. 
As Cinque Terre são classificadas pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. São também um Parque Nacional e Área Marinha Protegida com o objectivo de proteger este grande património cultural e ambiente natural.

sábado, 18 de março de 2017

Varenna - Itália

A Ara começou o ano da melhor maneira, ou seja, a viajar. Foi até Itália e de lá enviou 2 postais. Nunca tinha ouvido falar de Varenna mas até parece um lugar interessante. Para quem vai até Milão, Varenna e outras aldeias próximas, podem ser uma sugestão para passar umas horas longe da cidade. 

Varenna situa-se na margem oriental  do Lago Como, no extremo norte da região da Lombardia, província de Lecco. 
 Embora Varenna seja um destino turístico, a pequena praia, as ruas pitorescas e as casas dos pescadores,  dão à aldeia ar mais autêntico em comparação às aldeias vizinhas.  
 As principais actividades turísticas em Varenna são relaxar à beira do lado e visitar os jardins de duas moradias, Villa Monastero e Villa Cipressi.

Catedral de Limoges - França

Tal como os outros postais que tenho de Limoges, também este foi enviado pelo Damien. Ainda há dias o coloquei na minha galeria de favoritos e agora já faz parte da minha colecção. 

Editions RENE
A Catedral de Saint-Étienne de Limoges é um monumento nacional e sede do Bispado de Limoges.
A construção da catedral gótica começou em 1273 e só terminou em 1888.